Mais um desfile emocionante aconteceu durante a MFW, se trata da marca Italiana Giada, que para o próximo verão buscou inspiração nas obras cianográficas de Susan Weil e José Betancourt.
Os e retratos de paisagem e botânica emergem de imagens de fotos escalonadas, e tornam-se o ícone da coleção, construindo um precioso mundo imaginário.”
A cartela de cores viaja nas mais variadas tonalidades, principalmente o cinza e o branco, protagonistas desta coleção.
As silhuetas se desenvolvem verticalmente e são construídas em linhas fluidas criando um movimento muito especial nas saias e calças.
A clássica camisa maxi se transforma em um sobretudo de algodão e seda, uma blusa crepe ou até mesmo em um vestido, é não é só essa peça que sofre uma metamorfose, pois os acessórios e jóias em particular, também.
Para saber mais sobre o mundo de Giada, confira as fotos abaixo:
Author

Write A Comment